Passadinha Rápida

Eu sei que eu tenho vindo pouco por aqui, menos do que eu deveria e menos do que eu gostaria! Na verdade ando com uma preguiça monstro de escrever e seu que vou morrer de me arrepender daqui uns anos.

O pequeno está cada dia mais lindo, mais levado e mais esperto. Falando pelos cotovelos, quando não está puxando assunto (e ele puxa mesmo), tá cantando pela casa! Coisa marlinda da mamãe! :)

De vez em quando me surpreende, com frases como “Olha, mamãe, que lindo!”, ou com um “Mamãe, você é linda!”, assim, do nada! Ou avisa que “Cecé tá cansado!”

Meu moleque tá virando um rapazinho. Já diz o que quer e o que não quer (e jura que tudo tem que ser do jeito dele… aham…), já explica o que tá sentindo, já sabe dar nome aos seus sentimentos, às coisas que precisa. E já tá querendo saber o porquê de um montão de coisas.

Já entende o que é certo e o que é errado, já sabe quando eu estou triste ou brava, e logo vem tentar resolver, jogando charme, me dando beijos e dizendo que me ama!!!

E tá teimoso. TUDO é uma luta, minha gente! Botar no banho, tirar do banho, botar pra dormir, tirar da cama, tirar a roupa, botar a roupa… Tu-do! Nadica é na hora que a gente quer, nada é simples e não há situação em que ele me atenda na hora (a menos que eu tenha algo pra negociar – mas há coisas que não cabem negociação alguma). Ufa! Mas há também, e claro, momentos maravilhosos. Meu filho é meu companheirão!!!

Sabe tudo, esse menino!

TINTA ÓRFÃ

Propaganda de tintura para cabelo passando na TV. Lá pelas tantas a mocinha diz que a tintura é sem amônia (então é só tonalizante, minha filha).

Francisco seríssimo, olha pra mim e diz:

-  É sem a mãe! Sem a mãe!

 

2012-07-20 16.55.10

 

A CANETA

Hoje Francisco me tirou do sério e me deixou irritadíssima (novidade onde? ser mãe é se irritar no paraíso). Catou a caneta da minha mão e saiu rabiscando as parede todas. O apartamento, que foi pintado em fevereiro, tá imundo, um horror! Por fim eu disse pra ele, bem brava:

- Francisco, me dá essa caralha dessa caneta A-GO-RA!

Ele viu que a coisa ia ficar bem feia pro lado dele e veio:

- Mamãe, tó a caralha!

0_o

Resuminho básico…

Um mês sem escrever nada aqui… MELDELS!!!

Francisco tá com laringite. Uma be-le-zo-ca! Não quer comer, não tá indo à escola, e também não pára quieto. Tirando a primeira noite de febre, o pequeno nem parece que tem alguma ite enchendo os pacová!

Sem Título-4aEstamos dormindo no meu quarto, com direito a vaporizador e o cacete! Agora vocês imaginem euzinha, que odeeeeeeeeio ar quente, que tenho pavor de dormir com a janela fechada e que só gosto de sauna seca, dormindo num quarto fechado e com o vaporizador ligado! Taqueoparêo, viu? E isso tudo pra daqui uns anos o moleque dizer que eu sou insuportavelmente chata e que ele queria ser filho da mãe dozôtro!

-----------Fim da Sessão “Mãe Sofre”--------------

O que tá me deixando com os cabelos em pé (além do vaporizador, claro) é que Francisco decidiu fazer greve de fome. Ó que beleza. A pessoinha já tá doente, e agora resolveu não comer, pra ajudar bem. Maravilha, só que não! Fica duas horas com a mamadeira na boca sem beber uma gota de leite. Aliás, agora ele cismou que não gosta de leite e até ontem ele era um bezerro. Como faz? HAAALP!

E, ó, o rapazinho é hipocondríaco. Chamo pra tomar remédio ele já vem com a boca aberta, falo que vai ao hospital ou ao médico, ele pula da cama parecendo que tá indo pro parquinho. Esse menino não é normal não…

hipocondríaco

 

Segunda-feira teve festa de dia dos pais da turma dele e ele não foi por motivos de pai embarcado. Na boa, acho que as escolas deveriam abolir essas festinhas de dia dos pais e dia das mães e fazer uma festa da família. Tem criança que tem dois pais, que tem duas mães, que o pai não dá a mínima, que a mãe morreu, que é criado pelos avós, pelos tios… tem tanto jeito de formar uma família que eu acho uma puta de uma sacanagem que só se homenageie um tipo. Vou cantar essa bola na reunião do semestre. Quem sabe não funfa?

 

 

165830_391646107566660_1203694741_n185815_391648274233110_1570440295_n

 

 

 

 

Acabei não falando das férias aqui. Na última semana fomos pra Campanha (MG) e foi bem legal. O pequeno se divertiu. Viu trator o dia inteiro passando em frente à casa da minha avó, andou de ‘mulônei’ (a plaquinha dizia que era pônei, mas aquilo lá nunca foi pônei, nem sm sonho – e o paelido ‘mulônei’ foi cunhado pelo Sandro Serpa), entrou na boléia de um caminhão, subiu em um trator, mexeu nos bibelô da casa /o\ , roubou a bengala da minha avó toda hora… e no último dia arrumou uma otite que acabou com a graça dele. O pobrezinho urrava de dor. Que dó! Que dó!

208870_10151135987316424_1111741771_n599515_10151135819276424_930420028_n

 

 

 

 

 

 

 

 

487932_389471824450755_227575023_n

E é isso… Na verdade eu tinha um monte de coisas pra escrever sobre as férias, mas o tempo foi passando, passando, passando (uma semana só, mas foi tão cheia de coisas que parece que durou um ano) e eu, sinceramente, esqueci.

Vou tentar ser menos mãe de merda da próxima vez e registrar tudo bem rapidinho antes que eu esqueça dos detalhes! :)

A Casa

É raro conseguir filmar o pequeno, porque ele costuma virar estátua diante de uma câmera. E como raro não é impossível, cá está o primeiro vídeo do moleque cantando:

 

 

Sonrisa

Discagem Direta do Polo Norte

Daí que já passamos do meio do ano e o Papai Noel já entra em todas as negociações desta casa. “Se não comer tudo, Papai Noel não vai trazer presente, porque Papai Noel não traz presente pra criança que não come!” (literalmente, velho capitalista filho duma ronquifuça)
 
2012-06-30 16.20.48
 
 
Há dois dias o Francisco se recusa a comer e faz um show de horrores a cada tentativa. Um saco. Haja paciência e criatividade, dá vontade de arremessar a criatura pela janela, de tanto piti que ele dá. Hoje resolvemos então fazer o Papai Noel (eu!) ligar pra ele, pra avisar que se ele não jantasse, o carrinho que ele tanto quer seria de outra criança
 

- Aiô!

- Ho Ho Ho!

- Aiô!

- Francisco, é o Papai Noel. Você vai comer tudinho?

- Cadê Papai Noel?

- Ho Ho Ho! Tô aqui falando com você ao telefone!

- Cadê?

- Aqui, moleque! Tô no telefone!

- Mamãe? É a mamãe! (ele é muito esperto ou eu que sou uma anta?)

- Ho Ho Ho!

 

 


Corta pra mamãe com cara de panqueca!



FUÉEEEEEEN!!!!



Mãe incompetente que não consegue enganar uma criança de 2 anos! /o\



Mas ele jantou! Na dúvida, achou melhor jantar…  POOOONTO PRA MAMÃE! \o/

PAPATU

- Filho, vamos passear?

- Mamãe, o papatu!

- O papatu, fio? Vou pegar! - eu bem sei que papatu é sapato, mas se eu falo certinho, eu perco o melhor do baile: ele me corrigindo.

- Não: pa-pa-tu!

- Pa-pa-tu?

- Nãaaaao, paaaa-paaaaa-tuuuu

- Aaaaah, sapato?

- É… papatu! :)