Eu não sou sua mãe, caramba!!!!

Hoje li um texto que uma amiga mostrou, sobre o “lado B’ da maternidade; aquela parte menos glamourosa da coisa que todo mundo sabe que existe, mas quando você tá grávida parece que ninguém lembra de te contar… Tá, a minha mãe contou umas coisas, pra ser sincera ela até pintou a visão do inferno pra mim, mas esqueceu de me dizer uma coisa – além de eu perder todos os meus direitos “a nível de” indivíduo, eu também perdi a minha identidade, meu nome, agora todo mundo resolveu me chamar de… MÃE!

Em todo e qualquer lugar que eu vou com o Francisco, principalmente se eu for dar vacina, ou levar ao pediatra, as pessoas simplesmente ignoram o meu nome e só me tratam como MÃE.

- Mãe, segura a perninha dele!

- Mãe, ele tem feito bastante xixi?

- Não fica preocupada, mãe, é assim mesmo!!!

É dureza, viu? Nem gosto tanto assim de Juliana e tal, mas, poxa, é meu nome, eu nasci com ele, e pretendia morrer com ele, mas pelo visto eu perdi essa regalia.

Quem foi que inventou essa merda, hein? Porque diabos essa gente toda, que eu nem pari, acha que pode ignorar meu nome e me chamar de mãe, coisa que a única pessoa que tem o direito legítimo ainda não sabe fazer?

Essa coisa começou na maternidade… Meu nome tava na plaquinha da porta, nos remédios, no bloquinho que as enfermeiras carregavam toda vez que entravam no quarto, mas elas simplesmente me chamavam de MÃE! Acho que foi por isso que eu não fui com a cara de nenhuma delas, acho que era isso que me irritava muito naquela mulherada que ficava entrando e saindo o dia inteiro no meu quarto.

Eu não sei não, mas tá faltando pouco pra eu começar a responder atravessado:

- Ô, eu lá tenho cara de quem tem filho deste tamanho? Eu não sou sua mãe, caramba!!!

3 comentários:

  1. Ainda não passei por nenhuma situação dessa, porque pow! eu não sou mãe mesmo. Mas já presenciei, tenho um monte de sobrinhos.

    E o que eu acho mais engraçado é que todo mundo fala com a mãe com uma vozinha de débil mental. "Ow, mãããe. Cê tá cuidando direitinho do nenééém?"

    ResponderExcluir
  2. hahahaha... pior que todo mundo faz isso

    ResponderExcluir
  3. Pensava que só eu me incomodava com isso... srsrs. Mas é irritante mesmo. Mais um pouco e vão deixar de te chamar de mãe simplesmente. Quando começar a escolinha você será elevada à categoria de "mãe do Francisco"... já é alguma coisa...
    Abs

    ResponderExcluir