Ensinando o Francisco a dormir sozinho

IMG_0913

Fazer o Francisco dormir, desde o primeiro dia, nunca foi tarefa das mais fáceis. O bichinho sempre travou uma luta feroz contra o sono e era difícil fazer o moleque relaxar, fechar os olhos. Durante dos quatro primeiros meses de vida, durante o dia, ele só dormia enquanto estivesse no colo, e como sentia sono o dia inteiro, eu passava meus dias sentada na poltrona enquanto ele dormia. Mas durante a noite, depois que eu conseguia, sempre foi uma beleza. Não sei o que é passar uma noite inteira em claro por conta de filho que não dorme seja lá por que motivo for. Às 18h, 18:30h ele já estava apagadão e entre 22h e 0h eu levava a última mamadeira da noite, que ele mamava sem acordar. Quando o dia clareava, lá estava ele, acordando junto com o sol. Sempre foi assim.

Semana passada resolvi que tá na hora dele aprender a dormir sem a ajuda dos universitários da mamãe (ou de quem quer que seja, que fique bem claro, viu mãe? Viu, Ricardo?). Final da tarde dou jantar, banho (sim, nessa ordem, pra ele não dormir todo cagado de comida), fico com ele um tempo, que é quando canto ou conto histórias e a gente conversa um pouco – e ai ele desacelera, e depois coloco no berço, ainda acordado, sempre entra 18h e 19h. Dou boa noite e saio do quarto. Geralmente deixo um ou dois brinquedinhos e a luz um pouco acesa.

No primeiro dia foi berreiro sem fim, mas eu saí do quarto mesmo assim e demorou um pouco, mas ele conseguiu se acalmar sozinho. E ele ficou lá, andando pelo berço (leia-se correndo), até cansar. Depois ficou um tempão sentado até que deitou. Mas ainda ficou acordado um tempão. Toda vez que chorou eu fui ao quarto, peguei no colo, cantei um pouco, pra acalmar, e coloquei no berço de novo, ainda desperto. E pegou no sono eram quase 22h. Foi cansativo pacas, teria sido muito mais fácil se eu tivesse ficado com ele no colo, fazendo dormir, por meia hora. Eu sabia que não seria fácil, então não desisti.IMG_0933

No segundo não rolou! Não havia nada que o fizesse parar de chorar. Aguentei meia hora do lado de fora, mas depois achei que já tava demais. Tentei novamente e o berreiro sem fim continuou. Foram várias tentativas e nada. Peguei no colo e fiquei até que ele dormisse. A ideia é que ele aprenda a dormir sozinho, não que tenha um treco de tanto chorar.

O terceiro e quarto dia foram bem parecidos. Ele ficou no berço sem reclamar quando eu saí do quarto, me solicitou (resmungando) bem menos vezes e foi pegar no sono um pouco mais de 21h. Não chorou nenhuma vez.

No quinto não deu pra fazer nada disso que eu estava com visitas em casa e precisava ser breve. Deixei acordado no berço e, quando ele chorou, peguei no colo e fiz dormir.

O sexto  e o sétimo dia foram muito mais sossegados. Ele não chorou quando saí do quarto, não resmungou nem nada enquanto estava lá dentro, mas só pegou no sono mesmo depois das 22h. Dormiu e acordou várias vezes, mas não me chamou em nenhum dos intervalos.

Oitavo dia foi lindo. Botei no berço, saí do quarto e ele apagou!

IMG_1181

O nono dia foi surreal. Ele tava quietinho lá, mas não dormia de jeito nenhum. Quando deu 21h ele começou a resmungar e eu decidi ir fazê-lo dormir (estava exausta). Quando cheguei no berço vi que ele havia vomitado todo o jantar. Voltei pra sala e fiquei observando pelo monitor o que ele fazia, enquanto pedia um help às mamães tuiteiras que conheço. De repente eu vi ele enfiando a mão na goela e vomitando outra vez.  Aí entrei no quarto, tirei ele do berço, troquei a roupa de cama, enquanto ele espalhava todos os brinquedos pelo chão. Recolhi tudo, dei banho e fiz dormir, pra ele parar de enfiar a mão na boca.

Décimo dia, que é hoje. Ele não quis jantar, então dei uma mamadeira reforçada e às 18h ele foi pro berço. Estava morrendo de sono desde às 16h e eu achei que seria melzinho na chupeta. Já são 19:50h e ele já dormiu e acordou, me chamou duas vezes (e o esquema é o mesmo, vou lá, acalmo e saio do quarto com ele ainda acordado), já dormiu sentado, já dançou, já correu meia maratona dentro daquele berço, mas pegar naquele sono bão mesmo, até agora nada (ooops, tem bebê dormindo agora, tomara que definitivamente).

As coisas estão caminhando, eu sempre soube que não seria fácil, mas acho até que estão indo bem. Acredito que mais uns quatro, cinco dias, e quando eu o colocar no berço, ele já vai virar pro canto e pegar o soninho dele pra dormir. Será? #oremos

Agora, o que não pode é deixar isso desandar. Ai, ai, ai… segunda o pai tá chegando! Tomara que não estrague tudo! /o\ Eu surto!

UPDATE: Lá pelas 20:40h o moleque pegou, finalmente, no sono! Tá melhorando!!! \o/

Nenhum comentário:

Postar um comentário